segunda-feira, 2 de outubro de 2017

E podia começar assim:

E podia começar assim:
Era uma vez…..
Sim era uma vez uma jovem, não posso dizer imberbe e loura mas algo tímida por vezes algo irrequieta mas uma coisa é certa pouco namoradeira para altura…e já tinha 22 anos/a23 anos qd conheceu um homem sete anos mais velho..e mt mt conhecedor…a jovem de ser nome fictício Maria Miguel tinha uma vida pode se dizer estável; trabalho bem remunerado; carro, era nem bonita nem feia mas algo atraente; nem magra nem gorda mas jeitosa…..podia se dizer uma rapariga com um ”que” especial e com quem as amigas podiam contar ,,,,apesar de amores como já referi nunca ter tido grandes experiências nem grandes paixões assumidas ou vividas ou reciprocas…
---e pronto lá conheceu o tal dito, podemos lhe chamar de Pedro nome fictício
Todas as amigas já tinham tido experiências amorosas e ate escaldantes ..ela….nada até que uma noite num sitio esquisito de uma maneira esquisita ..ela foi tocada….mas não forçada…simplesmente aconteceu de uma forma rápida…sem sabor…sem, pode se dizer …sem nada de agradável ou bom para recordar…mas esse dia marcou; foi mesmo uma marco na  vida da Maria Miguel que mudaria para sempre o resto do fim da sua vida……e assim continuou até ao casamento.. ….. mas o Pedro mesmo durante o namoro sempre teve várias namoradas….homem macho..homem leão…mulheres são para “comer” homem é para ter prazer….
Nunca se importou…. ela tinha deixado de ser virgem ..a sua mãe apercebeu-se pelas cuecas sujas de sangue e a Miguel  envergonhada ….não negou
No dia do casamento que não podia ter sido na igreja, pois não estava pura, quase como presságio o carro do Pedro falhou varias vezes …mas e agora vou falar na primeira pessoa
Mas …e ainda  nesse dia..depois do almoço  o já marido teve de sair para levar a madrinha a casa e eu fiquei sozinha (?)…
Na primeira noite de casamento…em casa…eu fui para a casa de banho lavar-me toda por creme por perfume vestir uma camisa de noite mandada fazer de propósito (na altura não havia ainda camisas de dormir especiais)  sem costas bem decotada á frente…robe igual..chinelos de salto alto…cabelo bem comprido bem escovado caído  levemente sobre o rosto…..uau eu estava preparada para a noite perfeita..tal como tinha visto em filmes….a primeira noite numa cama..toda eu tremia não sei se de medo não sei se de vergonha….e espanto o meu
……o marido estava deitado na cama  (nada de ser levado ao colo com beijos a percorrerem todo o corpo)
Deita-te !!!!!
Eu deitei-me…..
Sem grandes alvoroço…sem conversa..sem beijos….sem festas…saltou-me para cima..durou pouco tempo..mas o suficiente para não me esquecer que eu me senti usada humilhada e traída nos meus sentimentos
Pouco depois  o marido dormia
Essa noite eu fiquei acordada
No dia seguinte ficou na cama até tarde eu levantada cedo esperei…..e pedi para sairmos..dar uma volta….não
Saímos no dia seguinte rumo a lisboa
Penta hotel
Queria o destino que um bruto frúnculo rebentasse na parte de cima e interior da  perna esquerda  tudo era vermelho e inchado…mal podia andar neguei contacto físico e vim tomar banho…já na banheira fui violentamente violada e eu posso dizer assim porque tinha dores não me podia mexer mas o homem tinha de se mostrar cada vez mais homem  mais macho e tinha der ter prazer nem que fosse á custa do sofrimento da mulher nessa altura também esposa…..
Chorei e dirigi- me á varanda do 13º andar
Não aguento mais
Não quero mais este sacrifício
Não quero mais este sofrimento
…mas  eos meus pais (?)
Foi essa a ideia que eu tive qd olhei para baixo
Era filha única
Os meus pais não tinham mais ninguém
Só me tinham a mim
E que ia eu fazer????
Deixa-los sozinhos???
Só porque eu estava a sofrer
Eles mereciam isso???
Não !!!!
E recuei
(como tantas vezes recuei noutras situações)
E os dias continuaram devagar devagarinho e acabaram as férias de casamento e começou o trabalho e há que sorrir e dizer está tudo bem
E chegaram a férias
Algarve
Eu não conhecia
Encontrámos um casal amigo q estava a acampar
Fomos jantar
Ainda me lembro do comer:  pescada cosida
E o “meu” marido contou e riu que teve um grande amor na vida dele….hum?? mas não ….surpresa das surpresas uma mulher casada de s. pedro de moel com quem rebolava no chão …..vezes e vezes sem conta
E eu????
Eu estava ali..sentada….enrolada….em mim….as lagrimas caiam mas ninguém as via..e eles continuavam a rir e a gargalhar….não ouvi mais nada…..
Só sei que cheguei a casa e uma grande hemorragia surgiu dores abdominais mto fortes os pensos não chegavam…mas que período esquisito com tanta dor tanto sangue que não parava…..não aguentava fui para a casa de banho para não fazer barulho queria continuar sozinha…..e um “feijão” saiu de dentro de mim….o que foi??? Que me está a acontecer??? Meu Deus estava grávida??? E aí tive de o chamar e pedir para me levar ao hospital …sim foi um aborto,,,fiz uma curetagem
…….
Meses mais tarde falei com a minha mãe
Não estava a ser fácil
Era violada..mal tratada
Era a empregada
Se algum amigo dele ia lá a casa ele  mandava e começava: traz isto faz aquilo traz mais isto olha aquilo
E eu sorrateiramente submissa fazia..calada
--mas a minha mãe coitada que conselho me podia dar???
Filha é assim mesmo,,,mulher é assim
Eu também sou assim
Qd nos casamos é para servir o homem
E mesmo que não se sinta nada temos de “fazer a vontade”
…e foi assim
Uma história de vida
Teve dois momentos bons
O nascimento dos filhos
Agora ninguém me diga que quem é violada abusada gosta
Não !!!!
A violada tem vergonha
Tem medo
Não vai contar
Vai ser gozada
É mais fácil continuar a sorrir e a dizer que está tudo bem
Pq uma mulher inteligente, independente, e abusada….não é mt mau
Ninguém está com o abusador por prazer
Ninguém está com o abusador porque gosta
Está por medo
Esta por vergonha
Por falta de auto estima
E os filhos crescem e os pais morrem
E eu continuo a negar
Sei que um dia me vou suicidar
Sei que um dia não vou aguentar
Mas já agora vou deixar que os filhos saiam de casa
Não os vou traumatizar ..eu que fui uma mãe  e pai
Não os vou deixar….!!!!
………Até que um dia alguém me levou a uma consulta
e..na minha cara …a minha interlocutora me disse …comigo calada…que eu era humilhada diariamente sempre humilhada, mal tratada e que isso não podia continuar
caí em mim,,como era possível eu deixar transparecer uma segredo tão  bem guardado
fechado num cofre forte
sem chave
e chorei….
Então tive a coragem de  lhe dizer..de dizer á pessoa que vivia ne mesma casa
Nunca mais me tocas
E não tocou
Não deixei
Claro q as humilhações continuaram
Eu era chamada não pelo nome mas por “caralho”
Nasceram as netas
Eu queria-lhes dar uma família
Avos são importantes no crescimento dos netos
Eu tinha eu devia continuar com mais ou menos sofrimento
Primeiro pelos pais depois pelos filhos  e agora pelos netos
Claro que entretanto houve algumas idas á urgência com medicação a mais
Queria dormir
Queria esquecer
Queria que o dia acabasse rápido
Que amanhã fosse já
E então tomava comprimidos
E dormia
Dormia
Fim se de semana seguido
O homem nem reparava
Era o que ele queria
Que eu dormisse..mas de vez
Tinha o seguro da casa feito de tal maneira q se eu morresse o empréstimo ficava pago, mas se  ele morresse eu continuaria a pagar o empréstimo
Portanto a melhor solução era mesmo eu acabar comigo
Ele ficaria sem dividas e com uma pensão
E livre
Mas eu ainda aki estou
Até quando????
Não sei
Vou aguentando
Uns dias mal e outros ainda piores
Desabafar???
Não vale a pena
Amor???
Não acredito
Viver???
Não gosto


terça-feira, 30 de maio de 2017

Mais um dia


Mais um dia

Sim mais um dia que passou a "rolar" e querendo mesmo fazer um balanço (eu gosto de no fim  do dia refletir)  não sei explicar.....se foi bom....e foi mais ou menos....mas eu queria pensar e dizer bem alto FOI BOM ESTOU VIVA
Não  tenho grandes dores...não tenho grandes doenças,,,ainda me mexo bem....que mais eu poderia querer????
E então lembrei-me de uma frase que o pediatra dos meus filhos dizia há muitos muitos anos atrás: as crianças querem sempre tudo ; elas pedem tudo; e quando não tiverem nada para pedir até pedem a lua ou o sol ...!!!!
E por que O homem é este ser insatisfeito........mas ainda pensando melhor:  se o ser humano não fosse insatisfeito, provavelmente, ainda estaria morando em cavernas....!!!!!


Mais: https://frases-fortes.com.br/content/o-homem-eternamente-insatisfeito-esta-insatisfacao-que-alavanca-o-progresso-se-nao-fosse

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Muitas perdas Algumas conquistas

Engraçado...ontem domingo....um dia meio chuvoso meio risonho.....mas onde me senti bem...porque,  a maior parte das vezes, os meus medos não me deixam desfrutar dos raios de sol que vão surgindo á minha volta.....
...mas quando encontro Mulheres que apesar de algumas contrariedades riem de sorriso rasgado  eu penso e repenso e....pergunto-me maria porque tantas lágrimas escondidas????? (o que vocês vêm muitas ou a maios parte das vezes é uma máscara)
E...ontem.....no meio de familia linda...de crianças felizes.....
Pensei
Porque não voltar a escrever
O que me vai cá dentro
Terapia???
Sim é possivelmente a melhor terapia
E porque nestes anos de intervalo tantas coisas mudaram....
Para melhor???
Para pior???
Muitas perdas
Algumas conquistas 



EU

eu...
sou as minhas escolhas, os meus erros, as minhas quedas......as  minhas dúvidas.....as minhas incongrências.....







Sou talvez o que a vida me ensinou....
Lutei e nem sempre ganhei.....
...... continuo a não desistir...
no bem e no mal...no certo e no errado eu sou assim.....e não sei se me hei-de orgulhar ou não...
uma coisa eu sei

EU SOU ASSIM

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Hoje faço anos


Hoje faço anos:
Parabéns a mim!!!
Hoje sou EU que conto e talvez por isso, datas como esta sejam propícias a momentos de reflexão!! Estou alegre. Não estou triste. Estou bem, mas, como sempre, tenho os meus momentos... qual é a coisa verdadeiramente surpreendente, diferente, hoje, que me faz sorrir, esbanjar simpatia? Faço anos e gosto! Gosto porque estou viva! Gosto porque já quase tudo me é permitido; Gosto porque comemoro este dia muitas vezes no mesmo dia; Gosto porque sorrio se me apetece; Costo porque sou simpática quase sempre com aqueles que o são para mim…..e gosto, apesar das rugas começarem a aparecer, por dentro e por fora!!!! E hoje são todos mais delicados e atenciosos comigo…..mas não é por isso que me vou comportar de maneira diferente. Apesar de o fator surpresa me deixar "animada" quando vem de onde não se espera, sem intenção nem motivo, isso para mim é que tem significado hoje e noutros dias que não o de hoje. Hoje faço anos, quero telefonemas, quero sms, quero ir lanchar com as minhas princesas, com as amigas, com a família possível…quero rir e sorrir quando ouço "então, Parabéns" e agradecer.... só não quero receber presentes!!! Gestos, bastam-me pequenos gestos hoje, porque o dia de hoje também deve e vai ser especial…… Hoje faço anos, 65  e não me sinto mais velha, apenas sinto que mudei, sim estou mudada e vou continuar a mudar...
É verdade, hoje é o dia em que completo mais um ano de vida. Estou diferente, á minha volta muita coisa mudou, tudo está em constante mudança. Já não me importo se agrado aos outros ou não, importo-me com aquilo que quero e me realiza. Não perco horas de sono a pensar sobre a vida, sobre os outros, em problemas..... já durmo tão pouco... Não é todos os dias que se faz anos, mas por outro lado e vistas bem as coisas até é mentira, todos os dias são aniversário de alguma coisa, no entanto

quinta-feira, 5 de maio de 2016

EU simplesmente

.......e porque carrego comigo uma espécie de “malas invisíveis”, onde pus todas as minhas lutas, todos os meus sonhos, todas as minhas expectativas, todas as minhas incongruências, os meus medos ……. também algumas  experiências……… e muita mesmo muita desilusão....... sinto-me curvada, como um tronco velho e caído de olhos no chão ...... como a chuva caí aqui e ali dentro e fora.......
só queria....encontrar alguém
e
……..ao encontrar alguém, alguém especial, alguém de quem gostasse……alguém a quem me entregasse ….alguém amigo do coração, sem falsidade sem obrigatoriedade do sempre. esse alguém, essa pessoa seria  importante para mim, para o meu ser,,,,,
o que foi que eu quis para o meu EU??????
que essa pessoa,  abrisse as minhas malas e me compreendesse……..e me descobrisse…e me adivinhasse….. e me encontrasse ....como pessoa...........
como
 EU, simplesmente
........e como nada acontece,  vão surgir frustrações, vão morrer expetativas, renasce a incongruência……a dúvida……o medo reaparece e domina todo o meu ser….

O tal medo dos meus sonhos sonhados,  o medo do só, o medo de me sentir mal amada, o medo daquilo que sou.....

quarta-feira, 4 de maio de 2016

Sonhos

Que adianta sonhar???
São somente sonhos dormidos e não acordados......
Desilusão ????
Dúvidas??? Isso não tenho mas....
Certezas???? Também não tenho...
Continuo num misto de sim e não e talvez...
…….e por que  que neste momento estou numa fase  de sentir   sentimentos completamente antagónicos, do querer e não querer, …..mas o que eu mais gostava era mesmo de viver uma reciprocidade .....uma troca de atenções e afetos
Porque…..
O amor não se define…..
O amor sente-se…..
e, por mais que eu esteja a viver neste emaranhado de sentimentos antagônicos,  que já nem sei se é de modo consciente ou inconscientemente tenho aqui  um espaço  em branco para trocar esses afetos  …..
Eu preciso disso e seria importante essas trocas, de alguma maneira ……e para alimentar este sentimento importante, que faz parte de meu passado do meu presente e da minha vida …… eu preciso de me sentir importante….
Uma mensagem, um abraço, um telefonema, um sms,, enfim, qualquer manifestação é válida!!!!!!
….. é complicado até para mim definir ……é complicado sentir…tudo é estranho ..  até para mim que estou aqui… …é uma dualidade, ou melhor uma confusão  de sentimentos …que doem….e que fazem doer 

sábado, 30 de abril de 2016

Vou tentando


Nem sei como continuar ou começar ou recomeçar

Perdi o hábito da escrita como perdi tantos outros até o da leitura, porque perdi muito de mim, perdi quase tudo..cheguei quase ao limite de mim como ser humano sem conseguir lidar comigo, com os outros, com as perdas, com as minhas inseguranças....senti-me um ser incongruente ...quantas vezes me senti um nada.........
Dividir com alguém????
Não podia ou não tinha ou não queria..não tenho a certeza....sei que havia muitos nãos á minha volta...
Agora que já passaram  dois anos ainda meia amuchucada, dorida, tropega.  já consigo caminhar, porque a vida é mesmo assim com quedas pelo caminho, com pedras, pedregulhos, montanhas dificeis de transpor....mas continuar mesmo que as feridas nos doam
Vou tentando

quarta-feira, 30 de março de 2016

E que eu possa continuar por aqui ……

Passou muito tempo, tempo demais até...
Tantas coisas mudaram...
Umas para melhor:
Tenho mais netas, umas coisas boas!!! agora são quatro reguilas
Umas para pior
Perdi algumas pessoas pelo caminho
Perdi pilares........deixei-me ir na embalagem e fui-me abaixo
abaixo de quê????
Abaixo de nada
Foi um sem saber das coisas...foi um saber e deixar acontecer e deixar passar deixar correr...
Hoje?????
Hoje estou por aqui  continuo sem saber muito bem quem sou e para onde vou....continuo muitas vezes a balouçar…. continuo em desequilíbrio que é o meu equilíbrio …..mas continuo
E este é o tempo ….é tempo de amor, de família de paz...e também tempo de agradecermos por tudo que temos e por tudo que teremos

…..tempo de sentimentos nos nossos corações de esperança, fé e confiança…...tempo de milagres e dos nossos sonhos parecerem estar mais perto, tempo para  agradecer ás  pessoas que fazem diferença……!
 E que eu possa continuar  por aqui   ……

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Homenagem a António Gedeão...

Um dos mais brilhantes e talentosos criadores lusófonos do século XX, Rómulo de Carvalho/António Gedeão, respectivamente, o professor, pedagogo e historiador da ciência, e o seu alter-ego literário, atravessou todas as convulsões e acontecimentos marcantes do nosso século, que se reflectiram no formar-se de um espírito extremamente marcado pelo cepticismo e pela ironia, sempre presentes nos seus poemas. Poucos meses após ter celebrado o seu 90º aniversário, assinalado pela homenagem que lhe foi prestada pelo Ministério de Ciência e de Tecnologia, a sua morte em 19 de Fevereiro 1997, deixa-nos um legado para o futuro, numa sociedade cada vez mais global, onde a união entre Ciências e Humanidades se torna cada vez mais uma necessidade premente

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

OMS

A Organização Mundial da Saúde (OMS) classifica o envelhecimento em quatro estágios:
· Meia-idade: 45 a 59 anos;
· Idoso(a): 60 a 74 anos;
· Ancião 75 a 90 anos;
· Velhice extrema: 90 anos em diante.

Natal 2012

domingo, 2 de setembro de 2012

Mais um domingo de muita praia

Mais um domingo de muita praia!!!! O dia estava maravilhoso………começou cedo…muito cedo … e a praia estava deserta de pessoas, só mesmo as gaivotas para me fazerem companhia… e muita imaginação e muitas recordações e aquele sorriso que me fazia permanecer ali, imóvel desejando que aquela sensação perdurasse para além do momento!!! Faço parar o tempo….naquele tempo em que as recordações me invadem ao contemplar o céu ... Aquele céu onde os meus sonhos se encontram.........

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Saborear a vida...como se fosse um bolo...


Como qualquer pessoa anónima passeio por aqui e por ali e  muitas vezes vou ouvindo algumas pessoas a dizerem que esta vida é uma porcaria...é só sofrimento... e muita amargura…..escuto, não comento, mas custa-me constatar que estas pessoas ainda não  entenderam nada do que é a vida..
Estas pessoas não vivem realmente, apenas sobrevivem!
E cada dia que passa, esperam simplesmente que algo melhor lhes caia “do céu” mas, sempre com pensamentos derrotistas e sem nada fazerem para inverter a situação.
Vivem na escuridão, vivem esperando que algo ou alguém as tire dessas trevas, quando apenas elas o poderão fazer..
A vida é linda e quanto mais aprendermos a ultrapassar os obstáculos e a acreditar mais felizes seremos!!!
Isto não quer dizer que não existam momentos de desânimo, de vontade de desistir mas também de muito discernimento que nos ajuda a continuar!!!
Vivam a vida !!!! Saboreiem-na !!!!   E,,,,,,
 Sejam felizes!!!

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Um belo quadro


Amanheceu devagar. Começou o dia meio cinzento, meio envergonhado, com alguns chuviscos à mistura, Tive de esperar algum tempo para apanhar a suave brisa da manhã.
 De repente tudo mudou e cores brilhantes e vivas apareceram
Parecia um belo quadro pintado por um belíssimo artista, com as mais belas tonalidades existentes!!!!!
Aquele sorriso de menina cresceu de um lado ao outro da cara…..
 E recordei todos os momentos inesquecíveis, as brincadeiras, os gestos simples….

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Dias com as princesas


Cheguei á triste conclusão que tudo é um hábito e nós somos mesmo animais de hábitos…a escrita ou o vicio dela…o passar todos os dias por aqui…o espreitar este e outro ..o deambular pelos sonhos e caminhos a que nos transportam,,,o recordar…..
Mas passam dias e dias em que não se tem tempo, ou não se quer ter tempo e vai-se deixando para amanha e para um outro amanhã e depois……depois não apetece mais escrever…e outros, como eu, também não escrevem e torna-se um circulo…..um hábito…uma fase….e…
Uma fase que se tem de mudar ou inverter !!!!  porque vai haver muitos momentos em que só vou mesmo ter o habito para olhar e mimar a  Margarida que vai chegar
E agora quase a terminar os dias diferentes passados com as princesas, dias com as duas, dias só com uma e na verdade diga-se que com uma é uma verdadeira tranquilidade, independentemente da idade, dá para conversar, brincar, trabalhar, passear e até fazer asneiras, com as duas as coisas tornam-se mais complicadas; um ritmo bem diferente e tenho de admitir que já não sou sempre eu que comando…..elas tomam muitas vezes  o controle da situação…..outra maneira também engraçada de ver as coisa!!!!
Contei histórias verídicas, li os livros antigos mas sempre atuais, fizemos os jogos dos papás e mamãs .....
E assim fomos passeando pelo meu baú das recordações que guardei religiosamente no meu coração e rebusquei todas as que quis e pude para viajarmos até ao infinito…………
Hoje, já no final desta temporada só posso lembrar-me de todos os momentos de alegria que tivemos juntas, também de alguns momentos mais difíceis, mas sempre bons!!!!
Já sinto saudades!!!!
Guardei, numa caixa com grandes laçarotes, todos os momentos que pude e que a minha memória permite, para, mais tarde, naqueles pequenos grandes momentos a abrir e tirar tudo cá para fora……………. e continuar a recordar!!!!

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Parabéns Mãe

A minha Mãe era a pessoa mais doce, mais meiga e mais bondosa que conheci. Não tenho nada a ver com ela e tenho pena, gostava de ser mais meiga e principalmente saber demonstrar, porque eu posso gostar muito de alguém, mas não digo, não mostro..  só sinto!!!!!
 Além dessa ternura que se via a transbordar nos seus olhos e no seu sorriso, era uma mulher muito atenta aos outros !!!!
Ela ensinou-me muito!!!! Pena é que nem sempre eu ponha esses ensinamentos em prática….
Recordo as tuas brincadeiras com a princesa maior….pareciam duas crianças a brincar…!!!
Tenho saudades dos teus mimos Mãe, mas ainda mais saudade dos mimos que nunca te dei!!!!
Sinto todos os dias a tua falta, para me ensinares a continuar a viver, para me consolares das minhas tristezas.....tenho saudade das nossas conversas, dos meus desabafos (nunca mais tive com quem contar aquelas coisas pessoais que só uma mãe pode entender) ...tenho saudades dos abraços que só tu sabias dar, do teu ar sereno, das tuas recomendações, dos teus conselhos.
Tenho tantas saudades de ti Mãe.
Hoje fazias 92 anos. Estás sempre comigo.... em todo o lado...........a toda a hora
Amo-te muito.

domingo, 22 de julho de 2012

Coisas.. !!

Às vezes é preciso muito pouquinho, só mesmo uns momentos, para nos sentirmos muito bem e muito tranquilos,... Já suspeitava que, na dose indicada, havia situações simples a preencherem a minha alma por completo.
Uma tarde de muito calor,  mas calma, lendo mensagens escritas por pessoas muito especiais... que me fazem sentir, sempre, aconchegada, que me põem um sorriso nos lábios ou uma lágrima no olho - no momento e por algum  tempo, com quem nunca estou, mas que sei onde encontrar as palavras certas, pois estão sempre "ali" e isso já é suficiente, em alguns momentos, para me alegrar nalguns dias mais tristes..........
Curioso como vamos criando raízes, como aprendemos a respeitar e a admirar a história dos outros, como nos orgulhamos dos seus sucessos ….como nos deparamos com a enorme virtude de dizer o que lhes vai na alma ………mas também como sentimos saudades das mesmas palavras quando o silêncio se instala por muitos e longos tempos.......

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Ícone da liberdade da África do Sul completou ontem 94 anos


Eleito primeiro presidente negro da África do Sul em 1994, “Nelson Mandela compreendeu que um território em que todos os sul-africanos podem caminhar para a mesma direção” era o melhor cenário para o país, afirmou Desmond Tutu.
Nelson Mandela completou ontem, 18 de Julho, 94 anos.
Parabéns!!!,
Esta é uma data importante na África do Sul, pois constitui ocasião para multiplicar as homenagens, as boas ações e os debates críticos sobre a melhor maneira de prosseguir com o seu combate e trabalho de reconciliação.
Nelson Mandela foi libertado a 11 de Fevereiro de 1990, após 27 anos de reclusão. Dirigiu as negociações que permitiram a transição, sem guerra civil, em direção à democracia multirracial. O primeiro presidente negro da África do Sul, de 1994 a 1999, fez sua última aparição pública em 2010, no Campeonato Mundial de Futebol organizado pelo seu país. 
Embora não seja feriado, o dia do seu aniversário é uma data muito especial. Quase 12 milhões de crianças na África do Sul iniciaram ontem, quarta-feira, um coro de “Parabéns para você”.
Danças tradicionais e festas pelas ruas do país também marcaram a data, conhecida como Dia de Mandela, ou “Madiba”, como é chamado carinhosamente, em referência ao clã de sua família.
Neste dia, a Fundação Nelson Mandela pede a todos os cidadãos que deem 67 minutos do seu tempo a ajudar os outros
E porquê 67 minutos? Porque cada minuto corresponde a um ano de trabalho do líder sul-africano em prol da causa pública. Neste dia em que se celebra o aniversário de Mandela - nascido a 18 de Julho de 1918 - e em que se assinala o Mandela Day, a Fundação propõe uma série de ações que cada um de nós poderá praticar para tornar o Mundo um melhor lugar

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Descobri......

Com o tempo vou descobrindo muitas coisas....... 
Descobri mil razões para sorrir todos os dias; por exemplo quando me levanto de manhã e me olho ao espelho e vejo uma figura completamente  desgrenhada e mal humorada……é motivo para não só sorrir como até para rir!!!
Descobri também mil motivos para gostar de olhar e ver sempre a mesma paisagem todos os dias….. sim por cada dia pode ser e é único, mais ou menos belo que o anterior, mas o sol brilha e estamos aqui…..
Descobri ainda a essência da pureza ….basta passar uns dias com as princesas e tudo se torna branco, puro e com alguma graça e muito disparate à mistura
E descobri que o sorriso espontâneo conquistado pela paz interior, pela paz com os outros e pela paz com o mundo pode ser muito mais agradável e saúdavel do que aquele provocado por fatores externos ou materiais……............. que para se ser feliz não é preciso estar rodeado de pessoas bonitas…... ser feliz é estar assim todos os dias, mesmo cansada, mas simplesmente, estar bem!!!! porque  pelo menos tentou-se……com muita força que todos os dias tenham um sol a brilhar…..dentro de nós e para nós!!!!!.....

sábado, 7 de julho de 2012

Loucos e Santos

Escolho meus amigos não pela pele ou outro arquétipo qualquer, mas pela pupila.
Tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante.
A mim não interessam os bons de espírito nem os maus de hábitos.
Fico com aqueles que fazem de mim louco e santo.
Deles não quero resposta, quero meu avesso.
Que me tragam dúvidas e angústias e agüentem o que há de pior em mim.
Para isso, só sendo louco.
Quero os santos, para que não duvidem das diferenças e peçam perdão pelas injustiças.
Escolho meus amigos pela alma lavada e pela cara exposta.
Não quero só o ombro e o colo, quero também sua maior alegria.
Amigo que não ri junto, não sabe sofrer junto.
Meus amigos são todos assim: metade bobeira, metade seriedade.
Não quero risos previsíveis, nem choros piedosos.
Quero amigos sérios, daqueles que fazem da realidade sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que a fantasia não desapareça.
Não quero amigos adultos nem chatos.
Quero-os metade infância e outra metade velhice!
Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto; e velhos, para que nunca tenham pressa.
Tenho amigos para saber quem eu sou.
Pois os vendo loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos, nunca me esquecerei de que "normalidade" é uma ilusão imbecil e estéril.

domingo, 1 de julho de 2012

A idade do céu


Não somos mais
Que uma gota de luz
Uma estrela que cai
Uma fagulha tão só
... Na idade do céu

Não somos o que queríamos ser
Somos um breve pulsar
Em um silêncio antigo
Com a idade do céu

Calma
Tudo está em calma
Deixe que o beijo dure
Deixe que o tempo cure
Deixe que a alma
Tenha a mesma idade
Que a idade do céu

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Férias com as princesas!!!!


Vou fazer um pequeno intervalo; nestes próximos dias ou meses vou estar de férias; férias? Sim!!! Vão ser férias dos meus dias despreocupados, dias dos quais só eu dependo…… pois posso usufruir do tempo a meu belo prazer; dias muitas vezes monótonos, tranquilos, sem novidades, muitos deles mais vazios que cheios, com silêncios que fazerem doer,,,,,. Muitos deles sem muita expectativa … Mas estes próximos dias vão ser o tempero que faltava para enriquecer os meus momentos com muito convívio familiar, com muito amor, principalmente Espero que com algum agitação e correrias diária pela casa, risos, choros, gritinhos estridentes, brinquedos espalhados por todo lado, os desenhos personalizados pendurados no frigorifico, a calçada riscada de giz (como só acontecia à 6ª feira e nos finais de tarde) ...Tudo vai conferir uma nova moldura à casa, agora mais cheia…. Nestes muitos dias tenho esperança que talvez dê para que eu possa ficar um pouquito mais elegante, porque mesmo com muita dieta não diária os quilos a mais permanecem sólidos e resistentes!!!!!
Mas vai engraçado porque vou ficar a ganhar. É muito diferente ficar com as princesas um dia por semana ou ir ao final da tarde buscar a princesa maior à escolinha do que ficar todos os dias e também algumas noites. Vou tentar sempre preparar pequenas surpresas para elas. E fico imaginando sua reação, os olhinhos brilhando, o sorriso aberto, as mãozinhas ágeis verificando o conteúdo... Mas e se eu não conseguir atender suas expectativas? Penso: Vai ser uma aprendizagem para todas nós; Vamos ler as histórias que os papás leram na mesma idade, cantar as mesmas músicas e contar-lhes as as malandrices e brincadeiras deles; elas adoram saber coisas dos pais para depois irem a correr contar….
O tempo que vão permanecer comigo vai ser curto. Gostaria de tê-las mais vezes sempre comigo. Mas o que conta não é a duração do encontro, mas a intensidade com que o vivemos!!!
É, eu sou assim. Uma avó ansiosa, insegura e muito carente quanto ao afeto das netas; (e não só...) porque com elas é tudo muito doce e muito sincero!!| Quando dizem: vovó gosto muito de ti; quer dizer que gostam mesmo e isso dá muita força. Eu costumo dizer só os cães e os netos (enquanto pequenos) têm por nós um amor incondicional!!!!
Sinto como se o sol brilhasse sempre muito intensamente nestes dias e depois se escondesse atrás das nuvens cinzentas. É assim que fico quando se vão. Deixam um vazio no meu coração. Não sou uma avó chorona. Lágrimas não saltam de meus olhos. Mas meu coração chora por vários dias. Até que a falta deles seja sufocada por nova rotina e eu me convença de que mesmo que demore o sol voltará a brilhar

terça-feira, 26 de junho de 2012

APRENDER A SER FELIZ


“Depois de algum tempo aprendes a diferença, a subtil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma. E aprendes que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. E começas a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas. Acabas por aceitar as derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança. E aprendes a construir todas as tuas estradas de hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão. Depois de algum tempo aprendes que o sol queima se te expuseres a ele por muito tempo. Aprendes que não importa o quanto tu te importas, simplesmente porque algumas pessoas não se importam… E aceitas que apesar da bondade que reside numa pessoa, ela poderá ferir-te de vez em quando e precisas perdoá-la por isso. Aprendes que falar pode aliviar dores emocionais. Descobres que se leva anos para se construir a confiança e apenas segundos para destruí-la, e que poderás fazer coisas das quais te arrependerás para o resto da vida. Aprendes que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias. E o que importa não é o que tens na vida, mas quem tens na vida. E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher. Aprendes que não temos que mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam, percebes que o teu melhor amigo e tu podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos. Descobres que as pessoas com quem tu mais te importas são tiradas da tua vida muito depressa, por isso devemos sempre despedir-nos das pessoas que amamos com palavras amorosas, pode ser a última vez que as vejamos. Aprendes que as circunstâncias e os ambientes têm influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começas a aprender que não te deves comparar com os outros, mas com o melhor que podes ser. Descobres que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que se quer ser, e que o tempo é curto. Aprendes que, ou controlas os teus actos ou eles te controlarão e que ser flexível nem sempre significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, existem sempre os dois lados. Aprendes que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer enfrentando as consequências. Aprendes que paciência requer muita prática. Descobres que algumas vezes a pessoa que esperas que te empurre, quando cais, é uma das poucas que te ajuda a levantar. Aprendes que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que tiveste e o que aprendeste com elas do que com quantos aniversários já comemoraste. Aprendes que há mais dos teus pais em ti do que supunhas. Aprendes que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são disparates, poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso. Aprendes que quando estás com raiva tens o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel. Descobres que só porque alguém não te ama da forma que desejas, não significa que esse alguém não te ama com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso. Aprendes que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes tens que aprender a perdoar-te a ti mesmo. Aprendes que com a mesma severidade com que julgas, poderás ser em algum momento condenado. Aprendes que não importa em quantos pedaços o teu coração foi partido, o mundo não pára para que tu o consertes. Aprendes que o tempo não é algo que possa voltar para trás. Portanto, planta o teu jardim e decora a tua alma, ao invés de esperares que alguém te traga flores. E aprendes que realmente podes suportar mais…que és realmente forte, e que podes ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que tu tens valor diante da vida!”
Um dos mais belos textos de William Shakespeare!

segunda-feira, 25 de junho de 2012

apenas eu


Sonhei que escrevia sobre estes ventos que sopram cá dentro de mim e do que eles podem significar e do que eles me fazem lembrar: que não sou sempre a mesma
….. sou apenas eu.
Sonhei com um mundo de cores fortes, vivas e alegres e apesar da minha fugaz perturbação, era visível a força daquelas cores. A minha vida, o meu mundo, não eram mais como antes, havia muito amor para amar, para dar e receber. …E amei verdadeiramente e fui feliz….. que pena que só me sinto assim tão amada em sonhos…. E depois eu que sou de fases ou de ciclos ou de altos e baixos, eu que me sinto uma mal amada, revolto-me porque eu sou tudo aquilo que não queria ser!!!! E voltam as ideias, os pensamentos de desistir e eu não quero ou nem sei se quero ou não. Se calhar sou egoísta, egocêntrica e tudo o que começo por ego….mas sentir-me assim faz-me mal!!!
Estou cansada de me fazer a mesma pergunta:  O que se passa comigo?
E a resposta se calhar é: sou sensível, não sei dizer se isso é bom ou mau, mas não consigo simplesmente deixar passar e esquecer…..porque eu não sei sentir pela metade, sinto tudo, o que me dizem, o que eu penso, ou o que imagino, sinto tudo muito  forte,  muito completo, tudo me toca profundamente  e  mexe comigo.
Minhas dores, imaginárias ou não, porque já não tenho a certeza de nada, são quase insuportáveis de tão intensas. Porque será que os sensíveis sofrem mais, choram mais, ou se dececionam mais? Acho que já nasci assim, sensível, ou se não nasci, devo ter aprendido em alguma fase da vida que já não dá mais para voltar atrás; mas se eu pudesse escolher? Acho que não aceitaria que a minha sensibilidade partisse e me deixasse, deixaria de ser quem sou e afinal
 …….sou apenas  eu…….

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Que eu esteja numa boa...sempre

Sou........




Quantas vezes me pergunto: quem sou eu? Não é fácil responder …..será talvez mais fácil dizer quem não sou!!!!!. Não sou um ser definido. Apesar de ter mais de cinquenta e cinco anos, imaginem que ainda não faço ideia de quem sou. Tenho ainda alguns projetos, Vários sonhos e uns tantos objetivos. Todos diferentes. Costumo dizer que tenho vários sonhos descoincidentes, para o caso de algum falhar. Gostaria de ser um pouco de tudo isto e aquilo, mas já passaram tantos dias e anos e ainda não sei quem sou. Sei quem fui e por isso guardo pequenas grandes recordações do passado. Mas a verdade é: não sei quem sou. Mas sei que há bem pouco tempo, comecei uma nova etapa. Caminho por um novo caminho e mais uma vez, não sei quem sou. Gostava ainda assim de ser diferente. Mais intelectual. Mais feliz. Mais humana. Gostava de ser muita coisa. E contudo, não sou capaz de responder à pergunta pertinente: Quem sou eu? Mas também a verdade é que não me interessa realmente muito saber quem sou!!!!!!. Não sei. E nem quero saber. Enquanto não souber, a vida enche-me de mistério. E cada dia, cada mês ou mesmo cada momento está repleto de novas possibilidades. Cada pessoa que eu vejo e que vai passando por aqui, promete mil e uma peripécias…só!!!! Mas a cara que vejo ao espelho todos os dias, continua a ser desconhecida para mim. Imprevisível e até incompreendida
".....  Sou talvez a visão que Alguém sonhou, Alguém que veio ao mundo pra me ver E que nunca na vida me encontrou"
Só uma verdade eu sei: eu estou aqui e agora! estou viva. Vou ser novamente avó; sou feliz por isso E é só isto que eu quero da vida e só isto me faz sorrir.

sábado, 16 de junho de 2012

Não fumem pelas nossas criancas


Fumar; uma beleza  há umas décadas atrás.
Sofisticação e independência eram sinónimas de fumar! ;
A cena clássica da mulher fatal que segura um cigarro ou do homem viril com cigarro no canto da boca ainda faz parte do nosso imaginário e foi nessa altura que eu comecei: libertação; independência, sei lá……
Sim, eu fumava e o meu dia começava com um cigarro.
As noites de verão tinham um gosto especial quando ficava na varanda a olhar as estrelas de cigarro na mão e agradava-me o charme do fumo que jogava fora…..como me agradava o gosto de fumar ou simplesmente o toque…
E quantos dias de ansiedade e noites de insónias, os cigarros foram a minha única companhia,
O cigarro acabou por se tornar uma muleta sem a qual não parecia ter força para viver.
Quantas vezes os meus filhos me interrogavam? Mãe porque fumas?
Até que nasceu a minha princesa mais velha
As crianças que convivem com pessoas que fumam são fumadoras passivas. Pesquisas mostram que o tabagismo passivo é estimado como a terceira causa de morte evitável no mundo, só perdendo para o tabagismo ativo e o consumo excessivo de álcool.
Os não fumadores que respiram o fumo têm um risco maior de desenvolver doenças relacionadas com o tabagismo. As crianças por terem uma frequência respiratória mais elevada, são mais atingidas, sofrendo consequências drásticas na sua saúde, incluindo doenças como bronquite, pneumonia, asma e infeções do ouvido médio.
Então no seu 1º, aniversario, pensei que seria uma boa prenda se deixasse de fumar. Apaguei o último cigarro e não disse nada. Não tinha medo de uma recaída nem nada do género, pois achei que os meus cigarros eram uma consequência minha e teria de ser eu a enfrentar o que estaria para vir.
Os dias foram passando, as provas sucederam-se, as noitadas com amigos, os colegas de trabalho….mas mantive-me firme até hoje…pelas minhas princesas!!!!!!